Enxofre 
Tudo sobre o enxofre e produtos a base de enxofre

 

Menu                

 

 

Importância do Enxofre

O enxofre é um sólido amarelo e de odor característico, que ocorre isolado na natureza, em jazidas localizadas em terrenos de origem vulcânica, com alto grau de pureza, acima de 99%. Ele ocorre também na forma de compostos, tais como: a pirita (FeS2), a galena (PbS), a blenda (ZnS) e o sal de Epson (MgSO4 . 7H2O), além de diversos sulfatos e outros compostos.

O enxofre é utilizado na fabricação de pólvora, fungicidas, fertilizantes, ácido sulfúrico e na vulcanização de borracha. Ele é também usado na produção de fármacos (alguns sulfatos e antibióticos, pomadas, etc.), de firmador de filmes fotográficos (Na2S2O3), na indústria do papel e na constituição de sabão em pó.

Grande parte do enxofre utilizado atualmente é obtido do petróleo, no qual ele é uma substância indesejável, pois em grandes quantidades, quando queimado, produz os chamados SOx.

Os combustíveis derivados do petróleo possuem determinadas quantidades de enxofre, que quando queimado no motor a combustão, gera compostos, como o SO2 e SO3, que livres na atmosfera, reagem com vapor d'água dando origem a ácido sulfúrico (H2SO4). S(s) + O2(g) -> SO2(g)

O dióxido de enxofre quando em contato com a água da umidade atmosférica pode produzir o ácido sulfuroso. SO2(g) + H2O -> H2SO3(aq)

Subseqüente oxidação lenta produz o ácido forte, ácido sulfúrico, H2SO4. 2 H2SO3(aq) + O2(g) -> 2H+(aq) + 2HSO4-(aq)

Esta pode ser uma via para a produção do ácido sulfúrico responsável pela chuva ácida, no entanto, uma outra via é mais comum, a oxidação do dióxido de enxofre em trióxido de enxofre.

SO2(s) + O2(g) ? SO3(s) O SO3 é, então, hidratado, ou seja, entra em contato com água da atmosfera e produz o ácido sulfúrico. SO3(s) + H2O -> H2SO4(aq)

O ácido sulfúrico é um dos compostos mais produzidos na indústria mundial, ele é altamente corrosivo e pode carbonizar matéria orgânica, assim como corroer matéria orgânica assim como rochas calcárias.

Gregos e romanos usavam o enxofre em fumigações e também se valiam dos vapores de sua combustão no branqueamento de tecidos. Misturado com salitre e carvão, foi empregado no fabrico da pólvora pelos chineses do século XI e introduzido na Europa por volta do século XIV.

O enxofre é um elemento químico não metálico, de símbolo S, pertencente ao grupo VIa da tabela periódica (grupo dos calcogênios), juntamente com o oxigênio, o selênio, o telúrio e o polônio.